Libéria queima objetos contaminados com vírus do ebola

Por lyafichmann
Número de casos já passa de 3 mil | 2Tango/Reuters Epidemia já matou mais de 2.100 pessoas na África desde o início do ano | 2Tango/Reuters

Os funcionários de um hospital na Libéria estão queimando objetos contaminados pelo Ebola. O vírus tropical já matou 2.100 pessoas em quatro países desde o início do ano – mais da metade deles na Libéria.

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse em entrevista neste domingo, que o exército norte-americano ajudaria na luta contra a epidemia, mas alertou que o número de casos diminuiu nos últimos meses.

Na República Democrática do Congo, 32 mortes já foram registradas. Segundo o ministro congolês da Saúde, Félix Kabange Numbi, 336 pessoas que tiveram contato com os doentes, ou falecidos, estão sendo acompanhados.

Já em Serra Leoa, país vizinho à Libéria, o governo anunciou no último sábado que a população deverá ficar confinada em suas casas de 19 a 21 setembro, para ajudar no combate à epidemia do Ebola.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo