EUA vão aplicar sanções econômicas contra a Rússia

Por lyafichmann
Poroshenko expressou ‘otimismo cauteloso’ | Rebecca Naden/Reuters Poroshenko expressou ‘otimismo cauteloso’ | Rebecca Naden/Reuters

Os EUA preparam uma nova rodada de sanções econômicas contra a Rússia pelo envolvimento de Moscou no conflito no leste da Ucrânia, disse nesta quinta-feira o vice-assessor de segurança nacional da Casa Branca, Ben Rhodes.

“O ponto-chave é que a Rússia deve continuar a enfrentar consequências por sua própria escalada”, disse Rhodes. Segundo ele, as novas sanções estão sendo finalizadas. Ele não deu detalhes sobre os setores que podem ser atingidos.

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, e o principal líder rebelde pró-Rússia disseram que ordenariam um cessar-fogo nesta sexta se um acordo fosse firmado a respeito de um novo plano de paz para encerrar a guerra de cinco meses.

Poroshenko expressou “otimismo cauteloso” sobre uma reunião programada para sexta em Minsk, na Bielorrússia, que tem como objetivo acabar com o conflito.

Otan

No País de Gales, durante a cúpula da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) o secretário-geral da aliança, Anders Fogh Rasmussen, disse que Moscou deve retirar suas tropas da Ucrânia e interromper o apoio aos rebeldes.

Segundo ele, o mundo “deve responder com determinação caso a Rússia intervenha mais”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo