Número de refugiados na Síria ultrapassa 3 milhões

Por Tercio Braga
Soldado observa o pôr-do-sol na Síria | Lior Mizrahi/Getty Images Soldado observa o pôr-do-sol na Síria | Lior Mizrahi/Getty Images

Mais de três milhões de sírios fugiram da guerra civil que afeta o país e se tornaram refugiados, um milhão deles no último ano, informou a ONU nesta sexta-feira.

“A crescente crise de refugiados da Síria ultrapassará hoje três milhões de pessoas”, afirma um comunicado da agência de refugiados da ONU (ACNUR).

O número não inclui centenas de milhares de pessoas que fugiram sem o registro de refugiados.

Há menos de um ano, o número de refugiados registrados era de dois milhões, recordou a agência, que ressalta as “cada vez mais horrorosas condições dentro do país” que explicam o aumento.

“Há cidades onde a população está cercada, as pessoas têm fome e os civis estão sendo assassinados indiscriminadamente”.

Mais de 191 mil pessoas morreram na Síria desde o início do conflito, em março de 2011.

Além dos refugiados, a violência provocou o deslocamento de 6,5 milhões de pessoas dentro do país, o que significa que quase 50% dos sírios foram obrigados a fugir de suas casas, segundo a ACNUR. Metade dos afetados são crianças, lamenta a agência.

A grande maioria dos sírios, por volta de 1,14 milhão, buscou refúgio no Líbano, outros 608.000 na Jordânia e 815.000 na Turquia.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo