Americana de 9 anos mata acidentalmente seu instrutor de armas

Por Tercio Braga

Uma menina americana, de 9 anos, que estava aprendendo a atirar com uma submetralhadora não conseguiu controlar a arma e matou acidentalmente seu instrutor, afirma a imprensa do estado do Arizona (oeste dos Estados Unidos) nesta quarta-feira.

A tragédia ocorreu na segunda-feira em um estande para a prática de tiro chamado Bullets and Burgers, no centro comercial Last Stop de White Hills, onde a menina foi levada por seus pais para aprender a usar armas, indicaram jornais americanos.

Um comunicado da polícia afirmou que a menina acionou o gatilho automático do Uzi e a força de retrocesso impulsionou a arma para cima de sua cabeça e (os tiros) atingiram a vítima.

Charles Vacca, de 39 anos, foi baleado várias vezes na cabeça e morreu algumas horas mais tarde em um hospital de Las Vegas (Nevada, oeste).

A menina estava com seus pais, turistas do nordeste dos Estados Unidos, que filmavam a aula. Um vídeo que não mostra o acidente, apenas os instantes anteriores, foi divulgado pela polícia.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo