Governo ucraniano diz que comboio humanitário russo não passará pelo país

Por Carolina Santos
| Reuters TV Comboio humanitário russo se dirige para a fronteira | Reuters TV

O chefe adjunto da presidência Ucraniana, Valéri Tchaly, disse nesta terça-feira que o país vai impedir a passagem, por seu território, de comboio humanitário russo que se dirige para a fronteira. Segundo ele, os suprimentos poderiam ser levados até a fronteira e entregues a representantes de organizações de ajuda humanitária.

“Consideramos não ser possível o deslocamento de colunas russas no território da Ucrânia. Esta carga poderia atravessar um posto fronteiriço ucraniano e ser transferida para veículos do Comité Internacional da Cruz Vermelha. Não aceitamos que [a ajuda humanitária] seja acompanhada pelo Ministério das Situações de Urgência russo ou por militares russos”, disse Tchaly.

A iniciativa russa de enviar ajuda humanitária para o Leste da Ucrânia foi anunciada na sexta-feira (8) na Organização Nações Unidas (ONU) e rejeitada por Kiev, Washington, Berlim e Londres, que temem que o projeto sirva de pretexto para uma invasão russa em território ucraniano.

De acordo com fontes russas, o comboio de 280 caminhões transporta cerca de 2mil toneladas de material humanitário, recolhido por habitantes de Moscou e arredores.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo