Kiev rejeita cessar-fogo até rendição de rebeldes

Por lyafichmann
Soldado ucraniano reage a foto perto de Donetsk | Valentyn Ogirenko/Reuters Soldado ucraniano reage a foto perto de Donetsk | Valentyn Ogirenko/Reuters

Um porta-voz do Exército ucraniano rejeitou neste domingo um pedido de cessar-fogo de um líder separatista, afirmando que isso só acontecerá quando os rebeldes mostrarem a “bandeira branca” e se renderem.

Enquanto isso, os separatistas voltaram atrás em seu discurso anterior de um possível cessar-fogo e afirmaram que o Exército ucraniano tinha que primeiro acabar com a ação militar.

As forças ucranianas apertaram o cerco em torno do principal reduto dos rebeldes, a cidade industrial de Donetsk, no leste do país. Moradores reportaram fortes bombardeios desde o início da manhã deste domingo.

No sábado, um líder da autoproclamada República de Donetsk havia dito que os rebeldes estavam prontos para uma trégua com as forças do governo para permitir a entrada de ajuda humanitária.

Em resposta, o porta-voz do Exército, Andriy Lysenko disse que “se houver essa alternativa, devem ser realizadas medidas práticas e não palavras”. Ele disse que não houve medidas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo