OMS declara epidemia de Ebola emergência mundial

Por Nadia
OMS fez convenção para discutir o surto da doença | Pierre Albouy/Reuters OMS fez convenção para discutir o surto da doença | Pierre Albouy/Reuters

A epidemia de Ebola na África Ocidental é um “evento excepcional” e agora constitui um risco internacional à saúde, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira.

A agência de saúde da Organização das Nações Unidas disse que as possíveis consequências de uma disseminação internacional maior do vírus, que já matou quase 1.000 pessoas em quatro países da África Ocidental, são “particularmente sérias” diante da virulência do vírus.

“Uma resposta internacional coordenada é considerada essencial para parar e reverter a disseminação internacional de Ebola”, disse a OMS em comunicado após reunião de dois dias do comitê de emergência da organização sobre o Ebola.

Número de mortos por Ebola sobe para 961, diz OMS

O número de mortos em decorrência do surto de Ebola na África Ocidental subiu para 961 até 6 de agosto, com 29 novas mortes registradas nos dias 5 e 6 deste mês, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira.

O total de casos atingiu a marca de 1.779, com 68 novos registros de infecção, quatro dos quais na Nigéria, o mais recente país afetado.

Não houve novos casos na Guiné, onde o surto começou. Entre as novas vítimas fatais, quatro morreram na Guiné, uma na Nigéria, 12 em Serra Leoa e 12 na Libéria.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo