Melhora estado de saúde de médico americano com Ebola

Por Nadia
Médico Kent Brantly foi infectado  na Libéria | Samaritan Médico Kent Brantly foi infectado
na Libéria | Samaritan’s Purse/Handout via Reuters

O médico norte-americano Kent Brantly, infectado com o vírus Ebola na Libéria e levado para os Estados Unidos para tratamento, está melhorando, disse ontem Tom Frieden, diretor do Centro norte-americano para controle de doenças em Atlanta.

Brantly, de 33 anos, chegou em um voo para Atlanta, onde está sendo tratado no Hospital da Universidade de Emory. “É animador que ele esteja melhorando. Isso é muito importante e estamos esperando que ele continue melhorando”, disse Frieden.

Desde fevereiro, mais de 800 pessoas na África ocidental já morreram devido à infecção. O Ebola é um vírus hemorrágico com taxa de morte de até 90% dos que são infectados. A taxa de fatalidades na atual epidemia é de cerca de 60%.

A missionária norte-americana Nancy Writebol, que também foi infectada na Libéria, deve chegar nos próximos dias em Atlanta. Apesar das preocupações envolvendo a chegada de pacientes de Ebola no país, Frieden disse que os Estados Unidos poderão ver apenas alguns casos isolados em pessoas que estavam viajando. “Não acredito que há uma chance de vermos uma epidemia de Ebola no país”, afirmou.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo