Deslizamento deixa ao menos 150 mortos na Índia

| Shailesh Andrade/Reuters O deslizamento devastou o povoado de Malin | Shailesh Andrade/Reuters

O gigantesco deslizamento de terra que arrasou um povoado no oeste da Índia nesta quarta-feira pode ter deixado mais de 150 mortos – disse um alto funcionário de Saúde da região.

“Recuperamos 19 corpos. Estimamos que deve haver outros 140, considerando que 44 casas ficaram soterradas”, declarou H.H. Chavan, subdiretor de Saúde do distrito de Pune, no estado indiano de Maharashtra.

O deslizamento devastou o povoado de Malin, em Maharashtra, causando inicialmente a morte de 17 pessoas. “Seis pessoas foram resgatadas. Segundo as autoridades do distrito, entre 150 e 200 pessoas podem estar ainda soterradas”, declarou a fonte consultada pela AFP.

As autoridades mobilizaram maquinário pesado para ajudar nas tarefas de resgate, e cerca de 30 ambulâncias seguiram para o local da tragédia, disse o representante do governo local Saurav Rao à agência de notícias Press Trust of India.

“Desconhecemos o número exato de vítimas. Avançamos lentamente para garantir que vamos recuperar as pessoas presas sem perigo”, completou Rao.

Monção

Cerca de seis mil pessoas teriam morrido em inundações e deslizamentos de terra provocados pelas chuvas da monção do ano passado no estado de Uttarakhand, no norte da Índia.

A monção é um vento sazonal na Ásia que sopra de sul a norte, no verão do hemisfério norte, carregado de chuva.

[metrogallerymaker id=”285″]

Loading...
Revisa el siguiente artículo