Exército ucraniano toma controle de região separatista

A Ukrainian army armoured fighting vehicle patrols north of the eastern Ukrainian town of Slaviansk Tropas governamentais também atacaram a localidade de Ilovaisk, a 20 km de Donetsk | Yannis Behrakis/Reuters

O exército ucraniano tomou, nesta quarta-feira, o controle da cidade de Avdiivka, a uma dezena de quilômetros de Donetsk, que estava nas mãos de separatistas pró-russos, e denunciou novos ataques provenientes da Rússia.

As tropas governamentais também atacaram a localidade de Ilovaisk, a 20 km de Donetsk, indicou o Estado-Maior que dirige as operações no leste do país.

Desde a tomada do reduto rebelde de Slaviansk no início de julho, as forças ucranianas recuperaram espaço e se aproximam das duas grandes cidades da região, Donetsk e Lugansk, onde os separatistas estão entrincheirados.

O Estado-Maior ucraniano denunciou, por sua vez, que haviam sofrido ataques a partir do território russo na passagem fronteiriça de Dovjanski e de uma coluna de sete tanques que cruzou a fronteira na localidade de Dibrivka, a sudeste de Noketsk.

Peritos holandeses não conseguem chegar a local da queda de avião

Peritos holandeses que tentam recuperar os restos das vítimas do avião da Malásia que caiu na Ucrânia não puderam novamente chegar ao local do desastre nesta quarta-feira por causa dos combates entre separatistas pró-Rússia e forças ucranianas, disse o chefe da missão holandesa.

“Hoje o comboio com os peritos holandeses não vai viajar para o local da queda do MH17. As condições são muito inseguras no local”, disse Pieter Jaap Aalbersberg, o chefe da equipe holandesa, em um comunicado.

Embora a maioria dos corpos tenha sido recolhida no local do desastre de 17 de julho, no qual morreram todos os 298 passageiros e tripulantes, a equipe quer recuperar restos de algumas vítimas e pertences de 195 cidadãos holandeses que estavam a bordo.

“Nós vamos continuar a tentar chegar à área nos próximos dias, mas ainda é preciso ver quando as condições estarão mais seguras.”

Loading...
Revisa el siguiente artículo