Sonda da Nasa fica a 100 km da superfície de Mercúrio

Por Tercio Braga
Superfície do planeta Mercúrio | Nasa/Getty Imagens Superfície do planeta Mercúrio | Nasa/Getty Imagens

A sonda Messenger, da Nasa, chegou o mais perto de Mercúrio que nenhuma outra já chegara e ficou a apenas 100 quilômetros da superfície do planeta.

O mergulho em baixa altitude possibilitou, pela primeira vez, uma observação bem próxima do planeta. A imagem obtida pela Nasa mostra várias crateras na superfície de Mercúrio, formadas por colisões com outros corpos celestes. As maiores crateras têm algumas centenas de metros.

A sonda é a pioneira, também, em orbitar em torno de Mercúrio. Ela chegou em março de 2011 e já passou três anos por lá. A exploração revela depósitos de gelo e mudanças na atmosfera do planeta devido ao Sol.

O Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins afirmou que, no dia 19 de agosto, a altitude mínima será de 50 km, e, em setembro, chegará a apenas 12 ou 25 km. Depois a equipe levantará a órbita da sonda Messenger por três vezes. Até seu impacto planejado na superfície do planeta em março de 2015, finalizando a missão.

Loading...
Revisa el siguiente artículo