Kerry alerta Rússia sobre resposta se aumentar tensão na Ucrânia

Por Caio Cuccino Teixeira
Brendan Smialowski/Reuters John Kerry, secretário de Estado dos EUA, disse que o presidente russo não está apto a tomar qualquer decisão sobre a Crimeia | Brendan Smialowski/Reuters

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, disse que haverá uma resposta ainda maior se a Rússia elevar ainda mais as tensões na Ucrânia e ameaçar o povo do país.

Leia também:
• Manifestante ucraniano morre em confronto e tensão aumenta
• Polícia prende quatro após confronto com morte no leste da Ucrânia

Depois de realizar seis horas de negociações “diretas e francas” com o chanceler russo, Sergei Lavro, em Londres, Kerry disse que os Estados Unidos e a comunidade internacional não reconhecerão o resultado de um referendo na Crimeia marcado para domingo.

Ele acrescentou que o presidente russo, Vladimir Putin, não está preparado para tomar qualquer decisão sobre a Crimeia até depois da votação.

“Se a Rússia estabelecer fatos no terreno que aumentem as tensões ou ameacem o povo ucraniano, então obviamente isso vai requerer uma resposta ainda maior e terá custos”, disse Kerry a jornalistas após a reunião.

Loading...
Revisa el siguiente artículo