Ao menos sete morreram nos desabamentos em Nova York

Por george.ferreira

Subiu para ao menos sete pessoas o número de mortos nesta quinta-feira no desabamento de dois prédios residenciais em Nova York por causa de um vazamento de gás seguido de explosão ocorrido na quarta-feira. Quase 60 pessoas ficaram feridas.

O detetive de Nova York Marc Nell disse que a sétima vítima foi retirada dos escombros do prédio na manhã desta quinta.

Funcionários do Conselho Nacional de Segurança no Transporte, que investigam acidentes envolvendo gás natural, estão apurando a causa da explosão, que aconteceu por volta de 9h30 (10h30 no horário de Brasília) de quarta-feira, pouco depois de um morador da vizinhança ter reclamado de cheiro de gás para a empresa responsável pelo fornecimento.

Nesta quinta de manhã, dezenas de homens das equipes de resgate, incluindo bombeiros e policiais, continuavam a busca por eventuais sobreviventes ou vítimas sob os escombros dos dois prédios adjacentes que abrigavam 15 apartamentos em Upper Manhattan.

O prefeito Bill de Blasio disse que as informações preliminares indicam que a explosão foi provocada por um vazamento de gás.

Leia mais:

‘É uma tragédia, porque não houve tempo para avisar as pessoas’, diz prefeito de NY

A explosão, que lançou destroços sobre telhados vizinhos, derrubou dois prédios adjacentes de cinco andares, com um total de 15 apartamentos, num quarteirão de maioria residencial em Upper Manhattan.

Nuvens de fumaça se ergueram sobre os destroços dos prédios que ficavam acima de uma igreja e de uma loja de pianos no andar térreo, em um bairro principalmente de moradores da comunidade latina.

Focos de fogo permaneciam acesos no meio da montanha de escombros várias horas após a explosão, complicando as operações de busca e resgate que entraram pela noite, informou o porta-voz dos bombeiros Michael Parrella.

Segundo ele, ainda havia nove pessoas desaparecidas à meia-noite (horário local). Um porta-voz da polícia disse que cinco pessoas ainda eram procuradas no início da manhã desta quinta-feira.

O prefeito Bill de Blasio, que foi rapidamente ao local do acidente, disse que as informações preliminares indicam que a explosão foi provocada por um vazamento de gás.

 

An earthmover clears debris at the site of yesterday

New York City Mayor de Blasio meets first responders at building collapse in New York

A frozen stairwell is seen at the site of a building collapse in Harlem, New York

Frozen wreckage is seen at the site of a building collapse in Harlem, New York

New York City emergency responders search through the rubble at the site of a building explosion in the Harlem section of New York

New York City emergency responders search through the rubble at the site of a building explosion in the Harlem section of New York

New York City Mayor de Blasio meets first responders at building collapse in New York

Loading...
Revisa el siguiente artículo