Desabamento em Nova York deixa ao menos dois mortos

Por Tercio Braga
Acidente matou duas pessoas e feriu 17 / Juan Vazquez/ouvinte BandNews FM Acidente matou duas pessoas e feriu 17 / Juan Vazquez/ouvinte BandNews FM

O desabamento de dois prédios em Nova York, após uma explosão, deixou ao menos duas mulheres mortas e 17 pessoas feridas nesta quarta-feira, disse um porta-voz da polícia.

“Duas pessoas estão mortas, ambas mulheres”, disse o porta-voz da polícia Martin Speechley.

Ouça também: 

Americano fala sobre a situação no local

Os bombeiros faziam buscas na área onde se localiza o edifício em East Harlem, em Manhattan, em busca de eventuais pessoas presas nos escombros.

Um porta-voz dos bombeiros afirmou que a corporação recebeu um chamado referente à queda de um edifício, que teria ocorrido por volta das 9h (10h no horário de Brasília).

Imagens de televisão mostraram uma nuvem de fumaça e poeira sobre os escombros e os bombeiros jogando água.

O serviço de trens foi paralisado nos arredores e passageiros foram orientados a deixar as composições.

“Parecia que era tudo de novo”

O americano Juan Vazquez, que esteve no local onde, nesta quarta-feira, houve a explosão e consequente desabamento de um prédio em Nova York, relata, em entrevista ao jornal Meio do Dia, da BandNews FM, que os vidros dos comércios vizinhos se quebraram durante a explosão e carros ficaram cobertos de poeira nas ruas. O acidente matou duas pessos e deixou pelo menos outras 16 feridas.

Apesar de não haver indícios de que a explosão tenha sido provocada por qualquer tipo de ataque terrorista, Vazquez conta que a lembrança do atentado de 11 de setembro surgiu entre as diversas pessoas que estavam no local do ocorrido, principalmente pela grande comoção de policiais e bombeiros. O americano diz que as pessoas que tiravam fotos e filmavam o acidente comentavam que ele poderia ter sido um ataque. “Parecia que era tudo de novo”, diz Vazquez.

Conforme o relato do americano, havia muito fogo e grandes chamas na região do desabamento, além de vidros e outros detritos do prédio espalhados pela rua. Ele disse que o acidente atingiu também as redondezas, ressaltando que a entrada do prédio onde mora, a cerca de seis quadras do local do acidente, estava cheia de fumaça. Por isso, alguns moradores enrolavam panos no rosto para conseguir lidar com a situação.

Desabamento

A polícia de Nova York suspeita que um vazamento de gás teria provocado acidente. Todos os alunos de uma escola de ensino fundamental localizada próxima ao edifício foram retirados do local.

Moradora da região, Molly Mills relatou, com exclusividade ao “Meio do Dia”, da BandNews FM, que sentiu seu prédio balançar no momento do desabamento. “Eu estava na minha sala de estar e ouvi uma explosão muito forte”. Molly compara a sensação com a de um metrô passando embaixo do seu edifício.

O Departamento de Bombeiros da cidade enviou dezenas de homens ao local, de onde saía uma espessa coluna de fumaça. A área – que é conhecida por ter edifícios antigos – foi isolada pela polícia.

O metrô de Nova York foi fechado na região em que aconteceu a explosão. A linha do trem suburbano Metro-North, que passa perto do local da explosão, suspendeu o serviço. “O serviço para e a partir do ‘Grand Central Terminal’ está temporariamente suspenso até novo aviso sobre a explosão em um edifício adjacente a nossa via”, anunciou a empresa no Twitter.

Eric Thayer | Reuters Eric Thayer | Reuters
Eric Thayer | Reuters Eric Thayer | Reuters
Eric Thayer | Reuters Eric Thayer | Reuters
Man is loaded onto stretcher by emergency service workers near the scene of where two buildings collapsed after an apparent explosion and fire in the East Harlem section of New York City Eric Thayer | Reuters

Veja imagens gravadas por Juan do local do acidente:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo