Parlamento ucraniano dá anistia a ex-premier Tymoshenko

Por Caio Cuccino Teixeira

Após acordo assinado entre governo e oposição, o Parlamento ucraniano aprovou uma resolução que permite a libertação da ex-premiê Yulia Tymoshenko, presa desde 2011 sob acusações de abuso de poder.

Veja também
• Após mortes na Ucrânia, eleição é antecipada para dezembro

• Apesar de acordo na Ucrânia, manifestantes querem saída de presidente

Ela é inimiga política do atual presidente Viktor Yanukovitch. Ainda não há previsão de quando a ex-primeira-ministra será colocada em liberdade. Também será concedida anistia incondicional para os manifestantes presos desde o início dos protestos, em novembro.

Parlamento afasta o ministro do Interior da Ucrânia

O parlamento também aprovou o afastamento do ministro do Interior, Vitali Zakharcenko, acusado pela oposição de ser responsável pela escalada da violência na capital Kiev. O presidente da Ucrânia ainda precisa sancionar todas as leis aprovadas pelo Parlamento.

A praça da Independência foi lotada por manifestantes | Vasily Fedosenko / Reuters Manifestações começaram em novembro de 2013 | Vasily Fedosenko / Reuters

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo