Número de mortos em confrontos em Kiev passa de 75

Por Tercio Braga
Vasily Fedosenko/Reuters Vasily Fedosenko/Reuters

O número de mortes na violência em Kiev passou de 75 desde terça-feira, anunciou nesta quinta o Ministério ucraniano da Saúde em um comunicado.

Leia mais
• Após protestos, brasileiros que vivem na Ucrânia deixam país
• ‘Estou morrendo’, tuíta manifestante baleada na Ucrânia

O registro anterior indicava 67 mortos desde terça. Além disso, desde a manhã desta quinta-feira, “76 pessoas foram hospitalizadas em estado grave”, acrescentou o ministério.

Crise

David Mdzinarishvili / Reuters David Mdzinarishvili / Reuters

As negociações dos três ministros das Relações Exteriores da União Europeia nesta quinta-feira em Kiev não conseguiram chegar a um acordo para sair da crise, embora o presidente ucraniano, Viktor Yanukovytch, tenha feito concessões, indicou uma fonte francesa.

Os ministros voltarão a se reunir com Yanukovytch, indicaram fontes ligadas ao chefe da diplomacia francesa, Laurent Fabius, enquanto fontes da oposição indicaram que, “por enquanto, não há resultado algum” dessas conversas.

O chanceler polonês Radoslaw Sikorski, que participa dos encontros, disse que houve alguns avanços para solucionar a crise na Ucrânia, mas que “persistem divergências” importantes.

Viktor Gurniak/Reuters Viktor Gurniak/Reuters

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo