Mulher de opositor venezuelano afirma que prisão é ilegal

Por fabiosaraiva

A mulher do líder da oposição na Venezuela, Leopoldo López, chamou de ilegal e abusiva a prisão do marido. Em entrevista exclusiva à BandNews FM, Lilian Tintori disse que o país vive um clima de insegurança desde que o presidente Nicolás Maduro assumiu o poder.

Leia também:
Celac se preocupa com atos de violência na Venezuela
Opositores e estudantes apoiam dirigente detido na Venezuela
Miss venezuelana morre após tiro na cabeça durante protesto

 

“Como podemos viver tranquilamente com um governo que não cumpre a lei? Estamos do lado da paz, do lado da democracia”, afirmou.

Ela relata a existência de grupos armados do próprio governo nas ruas para coibir os protestos com violência. Lilian Tintori também lamentou a morte de uma miss baleada durante um ato em Valência.

 

Miss

Um tiro disparado por homens em uma moto atingiu a cabeça e provocou a morte da Miss Turismo da Venezuela e estudante de marketing Génesis Carmona, 22 anos. Ela participava de um protesto contra o governo, ontem, na cidade de Valencia, no estado de Carabobo, e morreu nesta quarta-feira, por volta de 14h30, no horário de Brasília.

Na clínica em que foi atendida, está internado Enyerson Alejandro Ramos, estudante de 17 anos, baleado no peito. Segundo os médicos, o rapaz é acompanhado na UTI e seu quadro é estável. Outros seis feridos nas mesmas circunstâncias foram levados para a clínica, mas não há informação sobre a gravidade dos ferimentos.

Os jornais de Valencia relatam que pessoas encapuzadas golpearam violentamente um jovem que fazia parte da manifestação. O governo venezuelano não se manifestou sobre a morte da Miss Turismo.

 

Ouça também:

“Não podemos estar tranquilos com um governo que não cumpre a lei”, diz mulher de opositor

 

Lilian comenta morte de mais uma “inocente” ao se referir a miss

Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters
Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters
Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters
Policiais enfrentam apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, durante protestos nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters Policiais enfrentam apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, durante protestos nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters
Genesis Carmona, miss turismo venezuelana, é socorrida após levar tiro na cabeça | Mauricio Ceneno Notitarde/Reuters Genesis Carmona, miss turismo venezuelana, é socorrida após levar tiro na cabeça | Mauricio Ceneno Notitarde/Reuters
Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters
Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters Apoiadores de Leopoldo Lopez, opositor do governo de Nicolás Maduro, protestam nas ruas de Caracas | Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo