Secretário dos EUA acusa ditador sírio de obstruir negociações de paz

Por Caio Cuccino Teixeira
Kerry disse que ainda há lacunas importantes, que precisam ser resolvidas | Jason Reed/Reuters Secretário de Estado americano disse que o ditador sírio não se envolveu nas negociações como havia prometido | Jason Reed/Reuters

O secretário de Estado americano acusou o ditador sírio de obstruir as negociações de paz de Genebra 2.

Em visita à Indonésia, John Kerry disse que – até agora – Bashar Al Assad não se envolveu nas discussões como prometido. O chefe da diplomacia acusou o ditador de tentar a vitória no campo de batalha, em vez de ir para a mesa de negociações de boa fé.

Kerry também não poupou críticas à Rússia, principal aliada do regime sírio. O diplomata questionou a disposição de Moscou em ajudar a criar um governo de transição. De acordo com ele, em vez de ser parte da solução, a Rússia se torna parte do problema ao contribuir com armas que ajudam o regime de Assad a intensificar as ofensivas.

As negociações de paz de Genebra II terminaram na semana passada, sem acordo. O governo sírio responsabilizou os Estados Unidos pela ruptura nas negociações ao criar um clima negativo para o diálogo.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo