Polícias da Itália e dos EUA prendem mafiosos nos 2 países

Por fabiosaraiva
Suspeito é levado sob custódia por agentes do FBI | Brendan McDermid/Reuters Suspeito é levado sob custódia por agentes do FBI | Brendan McDermid/Reuters

As polícias da Itália e dos Estados Unidos desmantelaram nesta terça-feira uma operação intercontinental da máfia. Foram presas 26 pessoas, acusadas de conspirar para movimentar milhões de dólares em drogas e armamentos entre a América do Sul, Itália e Estados Unidos.

O FBI e agentes italianos realizaram em conjunto a operação “New Bridge” (Ponte Nova) simultaneamente logo após a meia-noite em Nova York e pouco antes do amanhecer, na Itália, disseram as autoridades americanas e italianas em Roma.

Os detidos foram acusados ​​de tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e associação com o crime organizado.

Os clãs da ‘Ndrangheta’ calabresa, uma versão da máfia siciliana no sul do país, e membros da família Gambino de Nova York, estavam em fase avançada de planos para contrabandear cerca de 500 kg de cocaína pura da Guiana, na América do Sul, até o porto de Gioia Tauro, na Calábria.

Investigadores italianos estimaram o valor de rua da cocaína após o corte em cerca de 750 milhões de euros (US$ 1 bilhão).

As drogas, fornecidas por cartéis da América Latina, deveriam ser enviadas à Itália escondidas em carregamentos de frutas em conserva. Parte delas seriam, então, contrabandeadas para os EUA.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo