Avião é obrigado a pousar na Turquia após ameaça de bomba

Por fabiosaraiva
Vista geral da entrada do aeroporto Sabiha Gokcen | Osman Orsal/Reuters Vista geral da entrada do aeroporto Sabiha Gokcen | Osman Orsal/Reuters

Um avião de passageiros que havia decolado da Ucrânia foi forçado a aterrissar nesta sexta-feira por um caça turco em Istambul após uma tentativa de mudança de rota para Sochi (Rússia), onde era realizada a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, indicou o governo turco.

De acordo com a imprensa local, o suposto sequestrador, um passageiro de nacionalidade ucraniana, foi dominado e as forças especiais turcas assumiram o controle do avião da companhia turca Pegasus no aeroporto Sabiha Gokçen, no lado asiático de Istambul.

Segundo o subsecretário de Estado para os Transportes, Habib Soluk, a aeronave, um Boeing 737-800 que ia para Istambul, foi desviado pouco depois de sua decolagem de Kharkiv, na Ucrânia. “Um avião da Pegasus com 110 pessoas a bordo foi obrigado a aterrissar no Sabiha Gokçen porque um passageiro ameaçou os demais com uma bomba”, declarou Soluk à rede de notícias NTV.

A imprensa turca indicou que esse passageiro havia ameaçado explodir uma bomba se a aeronave não tomasse a direção de Sochi, onde estava sendo celebrada nesta sexta a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, na presença de cerca de quarenta chefes de Estado e de Governo.

“Estamos certos de que ele não entrou na cabine (…) Nós sabemos que o avião tinha sido obrigado a mudar sua rota antes que entrasse no espaço aéreo turco”, acrescentou.

Depois do alerta dado pelo piloto, um caça turco F16 decolou imediatamente e escoltou o avião até Istambul, indicou a imprensa turca. O Boeing da Pegasus aterrissou às 18h05 locais (14h05 de Brasília) ao aeroporto Sabiha Gokcen, indicou o governo turco.

As unidades de intervenção da Polícia antiterrorista turca tomaram imediatamente o controle da aeronave e faziam na noite desta sexta uma revista em todos os passageiros, segundo as redes de televisão, que divulgavam imagens do avião cercado por ambulâncias, veículos de Bombeiros e da Polícia.

A rede de notícias turca CNN-Turk indicou que o sequestrador tinha sido levado pelas forças especiais para um local indeterminado para ser interrogado. As redes de informação turcas divulgavam na noite desta sexta uma foto apresentada como sendo a do suposto sequestrador, tirada de dentro do avião.

O Ministério turco dos Transportes informou em um comunicado que “a aeronave aterrissou no aeroporto de Sabiha Gokçen” e que “as forças de segurança realizam uma inspeção no avião”.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo