Ingleses e galeses querem a permanência da Escócia no Reino Unido

Por Caio Cuccino Teixeira
Bandeiras do Reino Unido e da Escócia | Russell Cheyne/Reuters Bandeiras do Reino Unido e da Escócia | Russell Cheyne/Reuters

A Inglaterra e o País de Gales colocaram de lado a rivalidade histórica e esportiva para enviar nesta terça-feira uma mensagem simples e objetiva à Escócia: “Não nos deixe”.

À medida que esquenta o debate sobre o referendo da independência da Escócia, uma pesquisa de opinião mostra que mais ingleses e galeses querem que o país permaneça no grupo estabelecido pelo Tratado da União que criou o Reino Unido da Grã-Bretanha há 307 anos.

Uma pesquisa da organização YouGov mostrou que 54% desejam que os eleitores ao norte da fronteira rejeitem a independência no referendo marcado para 18 de setembro.

O resultado representa uma reviravolta do observado há três anos, quando uma pesquisa encomendada pelo tablóide inglês Sun mostrou uma ligeira vantagem dos ingleses e galeses que desejam que os escoceses sigam seu próprio caminho, em vez de permanecer na Grã-Bretanha.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo