Oposicionista da Ucrânia denuncia sequestro e tortura

Por talita
O manifestante diz que não consegue identificar os agressores | Reuters O manifestante sofreu tortura | Reuters

A organização “Humans Rights Watch” exige que o governo da Ucrânia investigue a violência contra jornalistas e médicos durante os protestos da oposição em Kiev. O pedido coincide com a libertação de um ativista que estava sequestrado.

Rússia critica e ironiza reunião de ucranianos com EUA

A Rússia criticou a reunião entre o secretário de estado norte-americano e a oposição da Ucrânia marcada para este sábado (1). Pelo Twitter, o vice-premier russo, Dmitri Rogozin afirmou que o encontro que acontecerá em Munique será “um circo” e ironizou dizendo que os Estados Unidos deveriam ter convocado todos os representantes da oposição, inclusive o líder do partido nacionalista, a quem chamou de “nazista” e também um cantor de variedades ucraniano, que é travesti. O governo da Rússia afirmou em várias oportunidades que qualquer interferência nos assuntos internos da Ucrânia era inadmissível.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo