Irã suspende enriquecimento de urânio a 20%

Por Caio Cuccino Teixeira

A AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) informou nesta segunda-feira que Teerã está produzindo urânio com uma pureza máxima de 5%, potencial impossível de ser utilizado para fins militares. A decisão é parte de um plano acordado em novembro entre o Irã e potências mundiais em Genebra.

A AIEA destacou que o Irã interrompeu a maquinaria utilizada para produzir combustível nuclear e que as centrífugas de Natanz e Fordow estão processando apenas urânio enriquecido a 5%. O comunicado da agência informou que o Irã suspendeu também experimentos nucleares que estavam em andamento, como a construção de um reator nuclear em Arak.

Em contrapartida, as sanções internacionais contra o Irã serão reduzidas de forma parcial e paulatina nos próximos seis meses. A ideia é que, em seguida, se chegue a um acordo definitivo sobre a suspeita de que Teerã tenha interesse em fabricar armas atômicas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo