Morre no Japão soldado que levou 30 anos para se render

Por Caio Cuccino Teixeira
O oficial japonês ficou conhecido como "o soldado que nunca se entregou" | Kyodo/Reuters O oficial japonês ficou conhecido como “o soldado que nunca se entregou” | Kyodo/Reuters

Morre, no Japão, um oficial da Segunda Guerra Mundial que demorou 30 anos para se render após o final do conflito.

Hiroo Onoda, oficial do Exército Imperial japonês, ficou conhecido como “o soldado que nunca se entregou”. Isso porque ele ficou décadas escondido na ilha de Lubang, nas Filipinas, sem saber que a Guerra havia terminado com a rendição japonesa. Ele viveu na mata e chegou a ser declarado morto.

Ao ser encontrado, em 1974, precisou ser convencido sobre o fim do conflito armado mundial, que havia acontecido em 1945. A história dele ganhou o mundo e transformou-o em um heroi da resistência nipônica.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo