Presidente dos EUA se arma contra oposição

Por Caio Cuccino Teixeira
Obama convidou senadores democratas à Casa Branca | Larry Downing/Reuters Obama convidou senadores democratas à Casa Branca | Larry Downing/Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, convidou senadores do Partido Democrata à Casa Branca ontem para conversar sobre “objetivos compartilhados”. O encontro era para construir uma frente unificada antes de eleições parlamentares em que os republicanos tentarão aumentar sua bancada tirando proveito de dificuldades enfrentadas por Obama.

O presidente pediu aos senadores de seu partido que segurem projetos com propostas de aumentar as sanções ao Irã. Segundo a Casa Branca, aprovar novas sanções no Congresso prejudicaria o acordo internacional fechado com o país para reduzir o programa nuclear iraniano.

Mas a discussão sobre as sanções foi uma parte pequena da reunião, que teve um tom decididamente otimista, disse um assessor do Senado. Obama sentou em um banco com um microfone no Salão Leste da Casa Branca e fez breves observações antes de ouvir perguntas dos senadores por cerca de 90 minutos.

O encontro aconteceu num momento em que os índices de aprovação de Obama continuam a cair, após uma série de problemas enfrentados pelo programa para reformar o sistema de saúde pública dos EUA, o Obamacare.

Dezesseis senadores democratas vão buscar a reeleição em novembro, e os republicanos esperam ganhar ao menos seis dessas cadeiras para tentar tomar o controle da Casa.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo