30 morrem em ataque com carros-bomba no Iraque

Por george.ferreira

Pelo menos 30 pessoas perderam a vida nesta segunda-feira à noite em vários atentados na região de Bagdá. A maior parte das mortes aconteceram após a explosão de quatro carros-bomba, anunciaram, nesta terça-feira, fontes médicas e dos serviços de segurança. Os carros-bomba explodiram a partir das 18h de ontem (13h em Brasília) em dois bairros de maioria xiita, em um sunita e em um multiconfessional.

Os atentados deixaram 27 mortos e dezenas de feridos e foram realizados contra um mercado, contra uma multidão que celebrava o nascimento do profeta Maomé e contra pessoas que se encontravam perto de lojas de venda de álcool.

Três agentes morreram e outros seis ficaram feridos em um ataque contra um posto de controle policial nas imediações de Madain, ao sul da capital.

Os atentados não foram reivindicados, mas insurgentes sunitas, vinculados à Al-Qaeda, realizam regularmente ataques coordenados em Bagdá e em seus arredores.

A oeste da capital, combatentes do EIIL (Estado Islâmico do Iraque e Levante), vinculado à Al-Qaeda, e membros de tribos hostis ao governo seguem controlando a cidade de Fallujah e bairros de Ramadi, na província de Al-Anbar.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo