Brasileira é presa por explorar menores na Espanha

Por Caio Cuccino Teixeira

A polícia espanhola deteve uma fugitiva brasileira, de 33 anos, procurada por exploração e violação sexual de menores, corrupção e associação criminal, informou nesta segunda-feira o Ministério do Interior da Espanha. De acordo com o ministério, a mulher buscava clientes interessados em manter relações sexuais com adolescentes. Segundo o Itamaraty, os responsáveis estão entrando em contato com o consulado do Brasil na Espanha para obter mais informações sobre a brasileira.

A fugitiva foi encontrada em Lugo, na Galícia, no noroeste do país. Sua identidade não foi informada. As atividades da mulher começaram entre 2005 e 2006, em Curitiba. Segundo as autoridades espanholas, ela faz parte de um amplo grupo de pessoas acusadas de explorar, agredir e corromper sexualmente menores. A principal função da mulher detida nesta segunda-feira era a de conseguir clientes interessados em manter relações sexuais com menores e acompanhá-los até os locais onde eram mantidos os encontros.

Quando os clientes estavam com as menores, a polícia espanhola entrava no local, tirava fotografias, gravava imagens em vídeo e procedia com a detenção. Depois de os envolvidos serem levados à delegacia, os policiais exigiam dinheiro para libertá-los. Os agentes corruptos então dividiam o suborno entre os participantes do ilícito. No âmbito da mesma operação que prendeu a brasileira, mais 29 pessoas foram acusadas, entre elas vários policiais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo