Frio do ártico começa a ceder nos Estados Unidos

Por Tercio Braga
Frio tem causado transtorno aos moradores de Boston, nos Estados Unidos | Brian Snyder/Reuters Frio tem causado transtorno aos moradores de Boston, nos Estados Unidos | Brian Snyder/Reuters

A onda de frio que atinge os Estados Unidos começou a recuar ontem. As tempestades de neve e as baixas temperaturas, consideradas as menores dos últimos 20 anos, levaram as pessoas a ter sensação térmica de -50°C, e deixaram ao menos 20 pessoas mortas, segundo autoridades norte-americanas.

Estima-se que os prejuízos causados pelo clima sejam superiores a US$ 5 bilhões (cerca de R$ 11,8 bilhões). A tormenta chamada Hércules, que provocou fortes nevascas no nordeste do país, desde o final da semana passada, e a onda de frio, que rompeu recordes em várias partes do território, afetaram 187 milhões de pessoas.

A quarta começou com céu limpo na maior parte dos 30 Estados que tiveram expedidos avisos oficiais de emergência pelas baixas temperaturas. Ontem, foram cancelados 1,7 mil voos, número menor do que o de terça. O frio, acentuado pelo vento que levou à sensação térmica de -40°C em Minesota e Wisconsin, obrigou ao cancelamento das aulas em escolas de 14 Estados nas regiões central e nordeste do país.

O serviço de meteorologia estima melhora das temperaturas extremas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo