Órgãos vitais do ex-premiê de Israel Ariel Sharon deixam de funcionar

Por BAND
Sharon sofreu em 4 de janeiro de 2006 um derrame e desde então permanece em estado de coma | David Furst/Reuters Sharon sofreu em 4 de janeiro de 2006 um derrame e desde então permanece em estado de coma | David Furst/Reuters

Vários órgãos vitais de Ariel Sharon deixaram de funcionar normalmente, afirmou nesta quinta-feira o diretor do hospital de Tel Hashomer, perto de Tel-Aviv, onde está internado o ex-primeiro-ministro israelense. “Nos últimos dois dias, acompanhamos uma degradação de vários órgãos vitais de Ariel Sharon, que são fundamentais para sua vida”, declarou Zeev Rotstein na porta do hospital.

“O estado é definido como crítico, o que significa que sua vida está em perigo”, completou Rotstein, que se negou a fazer uma previsão sobre o tempo de vida de Sharon, 85 anos, em estado de coma há quase oito anos.

A morte do ex-premiê é uma “questão de dias” se o estado de saúde prosseguir em degradação, afirma o jornal “Haaretz”. “O sentimento da equipe médica do hospital e da família de Ariel Sharon é que assistimos a uma piora de seu estado de saúde”, disse o diretor.ar

Na quarta-feira, a imprensa informou que Sharon sofria “graves problemas renais” provocados por uma cirurgia. Sharon sofreu em 4 de janeiro de 2006 um derrame e desde então permanece em estado de coma, sem qualquer registro de melhora. Os filhos decidiram mantê-lo com vida com a ajuda de aparelhos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo