Sequestro em canal de TV no Congo termina com 40 mortos

Por BAND
Tropas chegam em frente à estação de TV atacada | Jean Robert N Tropas chegam em frente à estação de TV atacada | Jean Robert N’Kengo/Reuters

Pelo menos 40 rebeldes morreram nesta segunda-feira, dia 30, em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, durante um sequestro a um canal de televisão. Segundo fontes governamentais, o grupo atirou contra policiais na emissora, no aeroporto internacional e no Estado-Maior geral. Não foram informadas vítimas civis ou entre as forças de segurança.

Ao assumir o controle da emissora, dois pistoleiros entraram no ar transmitindo uma mensagem política contra o presidente Joseph Kabila, que assumiu o poder em 2001, após o assassinato de seu pai, Laurent. A suspeita é de que o ato foi uma tentativa de tomada do poder por seguidores do líder religioso Paul Joseph Mukungubila.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo