EUA enviam armas ao Iraque para combater a Al Qaeda

Por Carolina Santos
O movimento seria uma resposta ao pedido de ajuda feito pelo primeiro-ministro iraquiano, Nuri Kamal al –Maliki | Getty images O movimento seria uma resposta ao pedido de ajuda feito pelo primeiro-ministro iraquiano, Nuri Kamal al –Maliki | Getty images

Para tentar conter o avanço dos terroristas da Al Qaeda no Iraque, os Estados Unidos passaram a enviar ao país árabe dezenas de mísseis e drones (veículos aéreos não tripulados). O objetivo de Washington é ajudar o governo iraquiano a combater a rede terrorista, que tem ganhado território no Iraque e na vizinha Síria.

Segundo reportagem da edição de ontem do jornal The New York Times, a operação é realizada de forma sigilosa entre os dois governos. O movimento seria uma resposta ao pedido de ajuda feito pelo primeiro-ministro iraquiano, Nuri Kamal al –Maliki, que se reuniu com o presidente Barack Obama no mês passado nos EUA.

Especialistas questionam, no entanto, se a medida será suficiente para reverter a crescente onda de insegurança que toma conta do Iraque. Somente neste ano, 8.000 iraquianos foram mortos em ataques, 952 deles, membros das Forças de Segurança do país, o mais alto nível de violência desde 2008.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo