Cuba autoriza o livre comércio de veículos no país após 50 anos

Por Tercio Braga
O livre comércio de veículos era proibido no país, desde a Revolução Cubana de 1959 | Joe Raedle/Getty Images O livre comércio de veículos era proibido no país, desde a Revolução Cubana de 1959 | Joe Raedle/Getty Images

Governo cubano autoriza livre comércio de veículos no país pela primeira vez em mais de 50 anos. Os cubanos não vão mais precisar apresentar uma carta de autorização ao governo antes de comprar ou vender um carro ou uma moto.

A medida, anunciada nesta quinta-feira, é uma das mais esperadas reformas econômicas do presidente Raúl Castro. O livre comércio de veículos era proibido no país, desde a Revolução Cubana de 1959.

A novidade vem dois anos após a publicação de um decreto que autoriza a transmissão de propriedade de veículos por compra, venda ou doação entre os cidadãos cubanos. Até setembro de 2011, somente veículos que já circulavam em Cuba, antes de 1959, podiam ser comercializados livremente. As novas regras devem virar lei trinta dias após sua publicação no diário oficial cubano.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo