Rússia oferece alívio financeiro a Kiev

Por Carolina Santos
Praça da Independência, em Kiev, tomada por ativistas | A. Demianchuk /Reuters Praça da Independência, em Kiev, tomada por ativistas | A. Demianchuk /Reuters

A Rússia concordou em assumir US$ 15 bilhões em dívidas da Ucrânia e reduzir em um terço os preços do gás vendido para o país vizinho. O acordo, fechado após negociações em Moscou entre líderes russos e ucranianos, deve ajudar a Ucrânia a contornar a crise econômica.

O ministro da Fazenda Anton Siluanov disse que a Rússia vai usar os US$ 15 bilhões para comprar eurobonds ucranianos.

O presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, enfrenta acusações de “vender” o país para o maior ofertante, após rejeitar um acordo comercial com a União Europeia, voltando-se para Moscou.

O acordo puxou o preço da dívida da Ucrânia em dólar, em um sinal de confiança dos investidores.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo