Protesto contra presidente reúne 200 mil pessoas na Ucrânia

Por fabiosaraiva
Esta é a terceira grande manifestação seguida em um domingo | Konstantin Chernichkin/Reuters Esta é a terceira grande manifestação seguida em um domingo | Konstantin Chernichkin/Reuters

Pelo menos 200 mil opositores ucranianos se reuniram neste domingo, na Praça da Independência, no centro de Kiev, para protestar contra o presidente Viktor Yanukovich e sua decisão de privilegiar a relação com a Rússia em detrimento da UE (União Europeia). O protesto de hoje prolonga as manifestações iniciadas em novembro.

Esta é a terceira grande manifestação seguida em um domingo, com centenas de milhares de participantes contra o presidente ucraniano Viktor Yanukovich, que decidiu não assinar um acordo de associação com a União Europeia. Os manifestantes exibiam bandeiras da Ucrânia e da UE.

Neste domingo, o comissário europeu para a Ampliação, Stefan Fule, afirmou que a UE suspendeu os trabalhos para o acordo de associação com a Ucrânia, pela fala de compromisso claro do presidente Yanukovich de assinar o documento.

A União Europeia informou a Ucrânia que a continuidade das discussões dependia de um “compromisso claro para uma assinatura, mas não recebeu nenhuma resposta”, escreveu Fuele no Twitter.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo