União Europeia prepara lei sobre alimentos de animais clonados

Por Carolina Santos
UE quer proibir comércio de alimentos de animais clonados / Foto: Hidden/Stock.xchng UE quer proibir comércio de alimentos de animais clonados / Foto: Hidden/Stock.xchng

A Comissão Europeia apresentará na próxima semana um pacote legislativo com o objetivo de proibir no bloco europeu a clonagem de animais com fins alimentícios sem proibir a importação de alimentos produzidos com animais descendentes de clones.

A princípio, a Comissão apresentará seu pacote, que conta com duas leis, na próxima quarta-feira, informou uma porta-voz do Executivo europeu.

Segundo uma fonte europeia, a Comissão proporá proibir a clonagem animal com fins alimentícios na União Europeia, onde se recorre a ela muito pouco na Dinamarca.

A não ser que ocorram surpresas e para não impor aos seus parceiros comerciais condições de ingresso ao mercado europeu consideradas irreais, a Comissão não planeja proibir a carne ou o leite produzido por animais descendentes de clones, nem impor uma rastreabilidade destes produtos.

Esta é uma nova tentativa da Comissão para inscrever na agenda europeia o controle da clonagem animal e a utilização na indústria alimentícia.

Em março de 2011, depois de três anos de negociações, a União Europeia não ficou de acordo sobre uma rastreabilidade destes produtos, a grande maioria fabricados em Estados Unidos, Argentina, Brasil e Uruguai. Os Estados da UE consideraram exageradas as exigências de rastreabilidade dos eurodeputados.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo