Velório de Nelson Mandela tem mais de 7 horas de fila

Por Carolina Santos
Fila de populares aguarda para se despedir de Mandela | Kevin Coombs/ Reuters Fila de populares aguarda para se despedir de Mandela | Kevin Coombs/ Reuters

Milhares de sul-africanos aguardaram entre 7 e 8 horas na fila para poder ver o corpo de Nelson Mandela, nesta quinta-feira, em Pretória. Em dois dias de velório, mais de 40 mil pessoas passaram pelo local. Com o encerramento deste segundo dia, muitas pessoas que estavam na fila não conseguiram se despedir do ex-presidente. O corpo de Mandela foi levado para o Hospital Militar de Pretória e amanhã volta à sede do governo para o terceiro dia de velório.

Leia também:

Milhares aguardam para se despedir de Nelson Mandela

Na cerimônia, um membro da família ficou constantemente ao lado do caixão, como determina a tradição antes do sepultamento. “Uma parte da família já está em Qunu, onde acontecerá o enterro, mas outros estão em Pretória porque não podemos deixar Madiba sozinho”, disse o porta-voz da família, Temba Matanzima.

O caixão com o corpo de Mandela voltou a percorrer o mesmo trajeto de quarta-feira, entre o hospital militar Uno e o grande edifício neoclássico da União, uma construção de 1913.

Um carro fúnebre com o caixão, coberto com a bandeira do país e escoltado por motoristas, saiu do hospital militar e percorreu os seis quilômetros até o Prédio da União, local da capela ardente.

Como aconteceu na quarta-feira, os sul-africanos aguardaram nas ruas para saudar o cortejo. “Fico arrepiada. É como quando os seus pais morrem, Choro por meu presidente”, disse Johanna Moyo, de 41 anos.

Vicky Joubert, de 40 anos, uma africâner, estava com a filha de 11 anos para homenagear Mandela. “Ele fez algo por este país que nós [os africâneres] não teríamos feito facilmente. Temos que trabalhar juntos ou este país não funcionará. Brigar não ajuda”, afirmou.

A capela ardente de Mandela permanecerá aberta à visitação até sexta-feira. No domingo, ele será enterrado em Qunu, a cidade em que passou a infância e que teve que abandonar após a morte do pai.

O sepultamento acontecerá após uma semana de homenagens, incluindo a cerimônia oficial de terça-feira no estádio Soccer City de Soweto, em Johannesburgo, diante de mais de 90 chefes de Estado e de Governo.

Veja o primeiro dia de velório em Pretória:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo