Milhares aguardam para se despedir de Nelson Mandela

Por BAND

Milhares de sul-africanos aguardavam pacientemente na fila nesta quinta-feira em Pretória para prestar homenagem a Nelson Mandela, acompanhado a todo momento por um membro da família como determina a tradição. Este é o segundo dia que o Prédio da União de Pretória – sede do governo e local onde o líder sul-africano tomou posse como primeiro presidente negro e democrático da África do Sul, em 1994 – segue recebendo admiradores de Mandela, morto há sete dias aos 95 anos.

Uma longa fila era observada para chegar ao caixão, onde se pode ver o corpo de Mandela, coberto por um toldo. Um integrante da família está constantemente a seu lado, como determina a tradição antes do sepultamento. “Uma parte da família já está em Qunu, onde acontecerá o enterro, mas outros estão em Pretória porque não podemos deixar Madiba sozinho”, disse o porta-voz da família, Temba Matanzima.

O caixão com o corpo de Mandela voltou a percorrer o mesmo trajeto de quarta-feira, entre o hospital militar Uno e o grande edifício neoclássico da União, uma construção de 1913.

Um carro fúnebre com o caixão, coberto com a bandeira sul-africana e escoltado por motoristas, saiu do hospital militar e percorreu os seis quilômetros até o Prédio da União, local da capela ardente.

Como aconteceu na quarta-feira, os sul-africanos aguardaram nas ruas para saudar o cortejo. “Fico arrepiada. É como quando os seus pais morrem, Choro por meu presidente”, disse Johanna Moyo, de 41 anos.

Vicky Joubert, de 40 anos, uma africâner, estava com a filha de 11 anos para homenagear Mandela. “Ele fez algo por este país que nós [os africâneres] não teríamos feito facilmente. Temos que trabalhar juntos ou este país não funcionará. Brigar não ajuda”, afirmou.

A capela ardente de Mandela permanecerá aberta à visitação até sexta-feira. No domingo, ele será enterrado em Qunu, a cidade em que passou a infância e que teve que abandonar após a morte do pai.

O sepultamento acontecerá após uma semana de homenagens, incluindo a cerimônia oficial de terça-feira no estádio Soccer City de Soweto, em Johannesburgo, diante de mais de 90 chefes de Estado e de Governo.

Veja o primeiro dia de velório em Pretória:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo