Argentina vai às urnas para eleição legislativa

Por talita

Mais de 30 milhões de argentinos começaram a votar, neste domingo, nas eleições legislativas, que renovam metade da Câmara dos Deputados e um terço do Senado. Esta é uma eleição vital na metade do mandato da presidente Cristina Kirchner, que se recupera de uma cirurgia para a extração de um hematoma no crânio, realizada em 8 de outubro.

No pleito, os argentinos devem eleger 127 deputados nacionais com mandato até 2017 e 24 senadores com mandato até 2019.

Na Câmara, a governista Frente para a Vitória tem maioria absoluta atualmente, o que permite iniciar as sessões. No Senado, acontece o mesmo, mas com o apoio dos aliados.

Pela primeira vez, os jovens de entre 16 e 18 anos têm o direito ao voto, graças a uma lei aprovada recentemente. Antes apenas os maiores de 18 anos tinham o direito ao voto.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo