Polícia portuguesa reabre as investigações do caso Madeleine

Por Carolina Santos
Imagem da direita mostra como estaria Madeleine hoje; ela desapareceu dias antes de completar 4 anos (esq.) / Divulgação/Arquivo Imagem da direita mostra como estaria Madeleine hoje; ela desapareceu dias antes de completar 4 anos (esq.) / Divulgação/Arquivo

O Ministério Público de Portugal decidiu reabrir as investigações sobre o desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann.

A garotinha sumiu em 3 de maio de 2007 em um hotel de Praia da Luz, no Algarve (sul de Portugal). O desaparecimento aconteceu em uma noite na qual seus pais saíram para jantar e deixaram os três filhos dormindo sem a supervisão de um adulto.

Em julho deste ano, a polícia inglesa também retomou o caso por causa de novas evidências.

Suspeito

 

A polícia britânica divulgou no último dia 14 dois retratos de um homem que desejam interrogar a respeito de Madeleine McCann.

As imagens foram divulgadas na Alemanha e Holanda e foram elaboradas com base em depoimentos de duas testemunhas que o viram na área de Praia da Luz, local do desaparecimento da criança.

As testemunhas descreveram o homem como branco, com idade entre 20 e 40 anos, cabelo castanho, de tamanho e peso médio.

 

As imagens foram divulgadas pela polícia britânica |Metropolitan Police/Handout/Reuters As imagens foram divulgadas pela polícia britânica |Metropolitan Police/Handout/Reuters
Loading...
Revisa el siguiente artículo