Governo cubano anuncia fim da moeda dupla

Por Carolina Santos
Cubano conta CUCs, equivalentes ao dólar | Arquivo/ Reuters Cubano conta CUCs, equivalentes ao dólar | Arquivo/ Reuters

O governo cubano deu o primeiro passo para acabar com o sistema de duas moedas que vigora na ilha desde 1994. A ideia, segundo Havana, é  aumentar a renda dos trabalhadores locais e remover um grande obstáculo para os importadores e exportadores.

A (unificação) “é fundamental para garantir o restabelecimento do valor do peso cubano e seu papel como dinheiro”, informou o governo, em um comunicado.

O peso conversível (CUC) é atrelado ao dólar, enquanto o peso local (CUP) vale muito menos. A maioria dos salários e bens locais é cotada em CUP. Já o CUC é usado na indústria do turismo,  no comércio exterior e em restaurantes e lojas de luxo.

Além da confusão, em um país onde quase toda a economia está nas mãos do Estado e os preços são fixos, as empresas precisam trocar dólares e CUCs com o governo a uma cotação oficial de um para um. Nas casas de câmbio, porém, o CUC está avaliado em cerca de 25 pesos.

“O fim da moeda dupla  deve eliminar a situação louca na qual uma empresa é rentável em dólares, mas tem prejuízo em pesos”, disse Juan Triana, do Centro Cubano de Estudos Econômicos. A expectativa é que a transição dure ao menos 18 meses.

Loading...
Revisa el siguiente artículo