Obama comemora acordo e faz pedido ao Congresso

Por Carolina Santos
Obama comemorou acordo nesta quarta-feira | Yuri Gripas/ Reuters Obama comemorou acordo nesta quarta-feira | Yuri Gripas/ Reuters

O presidente norte-americano, Barack Obama, cumprimentou os dirigentes do Senado por ter alcançado um acordo sobre a dívida e o orçamento e pediu, nesta quarta-feira, ao Congresso para aprová-lo rapidamente, disse seu porta-voz, Jay Carney.

 

Leia também:

Senado americano chega a acordo sobre dívida nesta quarta

“O presidente acredita que o acordo entre os dois partidos anunciado pelos dirigentes do Senado reabrirá os serviços do Estado e acabará com a ameaça econômica que já prejudicaram a classe média, as empresas e nosso status econômico mundial”, afirmou Carney em sua coletiva de imprensa diária.

“O presidente cumprimenta o líder (da maioria democrata Harry) Reid e o chefe da minoria (republicana Mitch) McConell por trabalhar juntos na realização deste acordo e pede ao Congresso para atuar rapidamente para pôr fim a esta paralisia do Estado e para proteger a confiança sobre a reputação dos Estados Unidos como mutuário”, acrescentou Carney.

Para Obama, “este acordo permite o objetivo necessário de reabrir os serviços do Estado e eliminar a ameaça de uma suspensão dos pagamentos”.

O acordo, anunciado por ambos os líderes do Senado, ampliaria o limite de endividamento e reabriria imediatamente as agências federais, parcialmente fechadas desde 1º de outubro, enquanto convocaria uma comissão para negociar um orçamento para 2014.

Agora o acordo deverá ser avaliado pela Câmara de Representantes, controlada pela oposição republicana.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo