Corpo do criminoso nazista aguarda em aeroporto militar de Roma

Por talita
Erich Priebke sendo escoltado em 1996 | ANSA/Files/Reuters Erich Priebke sendo escoltado em 1996 | ANSA/Files/Reuters

O corpo do criminoso nazista Erich Priebke, falecido na sexta-feira da semana passada, estava nesta quarta-feira em um aeroporto militar de Roma, à espera do eventual traslado para a Alemanha, seu país de nascimento.

Uma cerimônia religiosa organizada pelo movimento católico ultraconservador lefebvrista na terça-feira à noite foi cancelada.

“Nos vimos forçados a suspender funeral porque havia um risco de que virasse um encontro neonazista”, declarou o prefeito de Roma, Giuseppe Pecoraro.

O prefeito determinou a transferência do corpo do ex-capitão das SS de Albano Laziale, uma cidade nas proximidades de Roma, para o aeroporto militar de Pratica di Mare.

“Esperamos resolver este tema hoje. Estamos em contato com a Alemanha”, disse Pecoraro. “Não sou eu quem deve decidir sobre a cremação ou o local do enterro, mas estamos trabalhando para resolver a situação de forma oportuna”, completou o prefeito de Roma.

Priebke morreu na sexta-feira passada, com 100 anos, em sua residência de Roma, onde cumpria desde 1998 uma condenação à prisão perpétua pelo massacre de 1944 das Fossas Ardeatinas, que matou 335 civis.

Mesmo depois da morte Priebke provoca controvérsia, já que nem Argentina – onde morou por 40 anos -, nem Alemanha – seu país de nascimento -, nem Roma – onde viveu por quase 15 anos – querem receber o corpo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo