Israel recorre a nações do Golfo Pérsico

Por Tercio Braga

Preocupado com reaproximação do Irã com o Ocidente, o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, defendeu a manutenção das sanções econômicas contra a república islâmica. O alarme do primeiro-ministro é tamanho que, nas últimas semanas, ele tem costurado uma inesperada aliança com países do Golfo Pérsico. Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, por exemplo, não desejam ver o Irã fortalecido.

Veja também
Com cauteloso otimismo, Irã e potências se reúnem na Suíça

“Muitas nações têm o desejo forte de se livrar do impacto do Irã, da Irmandade Muçulmana e da Al Qaeda. Pela primeira vez, existe um entendimento no mundo árabe de que Israel não é o inimigo dos árabes”, disse Natanyahu ao parlamento.

Loading...
Revisa el siguiente artículo