Obama diz que não fará concessões

Por Carolina Santos
Cartaz em Yellowstone informa sobre a paralisação | Christopher Cauble/Reuters Cartaz em Yellowstone informa sobre a paralisação | Christopher Cauble/Reuters

Os Estados Unidos viveram o segundo dia de paralisação nos serviços federais sem expectativa de um acordo que pudesse pôr fim ao problema. Em entrevista à emissora CNBC, o presidente Barack Obama disse não estar disposto a fazer concessões aos republicanos.

“Se estou irritado? Absolutamente irritado”, disse ele. O presidente lembrou que a crise é “totalmente desnecessária”. Os republicanos condicionam a aprovação do orçamento a mudanças no Obamacare, o novo sistema de saúde do país.

Na noite de ontem, Obama se reuniu com líderes do Congresso para falar sobre o caos econômico que deve brotar da paralisação.

Loading...
Revisa el siguiente artículo