Governo sírio ataca rebeldes após acordo com EUA e Rússia

Por Tercio Braga
Cidade síria em chamas após ataques | Bassam Khabieh/Reuters Cidade síria em chamas após ataques | Bassam Khabieh/Reuters

Apesar de aceitar a via diplomática, a Síria continua a ofensiva contra a oposição armada. Neste domingo, redutos rebeldes de Damaco foram bombardeados.

Um vídeo, postado na internet, mostra tanques do Exército disparando contra o subúrbio de Barzeh. Aviões de guerra também bombardearam posições da oposição, na periferia de Damasco. Os ataques sinalizam que o regime de Bashar Al-Assad está retomando a guerra contra os rebeldes após o ataque químico de 21 de agosto.

A ameaça de uma ofensiva norte-americana havia provocado um recuo nas ofensivas. O bombardeio deste domingo acontece um dia após Estados Unidos e Rússia anunciarem um acordo para evitar uma intervenção militar na Síria.

O plano exige que o regime de Bashar Al Assad entregue um relatório sobre todas as armas químicas que tem em mãos, no prazo de uma semana.

O governo deve permitir a entrada de inspetores da ONU, até novembro, e se comprometer com a destruição do arsenal, até metade de 2014.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo