Dilma se reúne com Obama em um intervalo da cúpula

Por Tercio Braga

Após o constrangimento provocado pela denúncia de que os Estados Unidos espionaram conversas da presidente Dilma Rousseff, a brasileira e o líder americano, Barack Obama, se reuniram para uma conversa informal.

O encontro, confirmado pela Casa Branca, ocorreu antes do jantar no primeiro dia da cúpula do G20, na Rússia (veja mais ao lado). Ambos teriam chegado atrasados ao local onde foi servida a refeição.

Nenhum dos dois governos deu detalhes sobre a conversa, mas, de acordo com um assessor da presidência dos EUA, Obama falaria com Dilma sobre “a natureza dos esforços de inteligência”.

Convite reforçado

“Nós, certamente, valorizamos a nossa relação com o Brasil. É por isso que reforçamos o convite à presidente Dilma Rousseff para visitar os EUA”, disse um porta-voz da Casa Branca.

O desconforto provocado pela denúncia de espionagem levou a brasileira a cancelar uma viagem preparatória para sua visita aos EUA como chefe de Estado, marcada para 23 de outubro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo