Inspetores da ONU partem de hotel em Damasco

Por fabiosaraiva
Inspetores das Nações Unidas deixam Damasco I Hassan Abdalla/ Reuters Inspetores das Nações Unidas deixam Damasco Hassan Abdalla/ Reuters

Encarregados de examinar o local supostamente alvo de armas químicas na Síria, os inspetores da ONU (Organização das Nações Unidas) abandonaram na manhã deste sábado o hotel em que estavam hospedados, em Damasco. Eles tiveram de seguir em comboio para deixar o local.

 

Os 13 especialistas das Nações Unidas colocaram sua bagagem em sete veículos da ONU e partiram, após sua investigação sobre o suposto uso de armas químicas contra um subúrbio de Damasco, por parte do regime do presidente Bashar al-Assad.

 

A equipe, dirigida pelo Dr. Ake Sellstrom, estava na Síria desde a segunda-feira para investigar as denúncias de um ataque químico contra a população civil, que segundo Washington deixou 1.429 mortos, incluindo 426 crianças, na semana passada.

 

A alta representante da ONU para o desarmamento, Angela Kane, que acompanhou a equipe de inspetores, já havia abandonado a Síria na sexta-feira, a bordo de um automóvel em direção ao Líbano.

 

Kane deve informar o resultado da missão ao secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, em Nova York.

 

Uma “janela de oportunidade” para possíveis ataques se abrirá no sábado, após a partida dos especialistas da ONU, disse na sexta-feira o secretário americano de Estado, John Kerry.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo