Parlamento rejeita proposta e Grã-Bretanha não vai atacar a Síria

Por Tercio Braga
| Jaime McDonald/Getty Images Parlamento britânico não quer o envolvimento militar na Síria| Jaime McDonald/Getty Images

O Parlamento britânico rejeitou surpreendentemente nesta quinta-feira uma proposta do governo de David Cameron que abria as portas para uma resposta militar contra o regime sírio por ter supostamente recorrido a armas químicas.

“Está claro que o Parlamento não quer uma ação militar britânica”, disse Cameron após a votação. “E o governo atuará em consequência disse”, acrescentou.

A moção do governo foi rejeitada por 285 deputados e aprovada por 272. A rejeição não veio apenas da oposição, mas também da própria coalizão governamental conservadora-liberal, que conta com 359 dos 650 assentos da Câmara dos Comuns.

Loading...
Revisa el siguiente artículo