Brasileiro consegue vitória parcial contra polícia britânica

Por talita
Glenn Greenwald (à dir.) ampara o companheiro, David Miranda, na chegada ao Rio de Janeiro | Ricardo Moraes/Reuters Glenn Greenwald (à dir.) ampara o companheiro, David Miranda, na chegada ao Rio de Janeiro | Ricardo Moraes/Reuters

O brasileiro David Miranda, companheiro do jornalista do “the Guardian” Glenn Greenwald, ganhou parcialmente uma ação contra a polícia britânica, nesta quinta-feira. Ele foi detido no domingo enquanto passava pela área de trânsito do aeroporto de Heathrow, em Londres.

A Alta Corte do país determinou que a inspeção, cópia, divulgação, transferência e distribuição dos materiais de Miranda apreendidos pela polícia devem ser canceladas.

Com isso, apesar de a decisão tecnicamente impedir que os equipamentos eletrônicos do brasileiro sejam vasculhados, dá brechas para que o governo britânico continue com os aparelhos.

David Miranda é companheiro do jornalista norte-americano Glenn Greenwald, responsável pela divulgação de dados sobre o monitoramento global feito por grandes potências como Estados Unidos e Reino Unido.

O brasileiro, proveniente de um voo de Berlim com destino ao Rio de Janeiro, foi detido no domingo enquanto passava pela área de trânsito do aeroporto de Heathrow, em Londres.

Por cerca de nove horas, ele foi interrogado pelas autoridades com base na lei antiterrorismo do país.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo