Autoridades alertam sobre novo vazamento radioativo em Fukushima

Por Tercio Braga
Funcionário é escaneado por radiação ao entrar no centro de operações de emergência da Tepco | Issei Kato/Reuters Funcionário é escaneado ao entrar no centro de operações de emergência da Tepco | Issei Kato/Reuters

As autoridades do Japão elevaram o alerta sobre um novo vazamento na usina nuclear de Fukushima, no norte do país. O “incidente grave” recebeu nível 3, em uma escala que vai até 7. É o pior estágio desde o tsunami que danificou as instalações, em 2011.

O chefe de gabinete do governo japonês, Yoshihide Suga, qualificou a situação como “deplorável”, e a Autoridade de Regulação Nuclear do país afirmou temer que o desastre esteja, “sob alguns aspectos”, além da capacidade de reação da Tepco, empresa operadora da usina.

A crise também alarmou a China e a Coreia do Sul. Pequim se declarou “em choque” ao saber que água radioativa continua vazando para o mar. Os chineses cobraram do Japão explicações “de maneira expedita, minuciosa e acurada”. METRO

Loading...
Revisa el siguiente artículo